“Há uns anos atrás havia uma rapariga que se apaixonou por uma bolinha de pêlo durante uma viagem á Serra da Estrela…Lá trouxémos a bolinha de pêlo para casa…Foi uma experiência nova, nalgumas fases desgastante, mas sempre recompensadora. Demos o nome de Panzer á bolinha de pêlo, antevendo o tamanho em adulto…
Seguimos o percurso que crêmos 90% dos leigos em matéria de cães seguem Panzer 3 -veterinário, seguir as recomendações dos mesmos, etc…mas sempre achámos estranha a magreza do cão, apesar do veterinário dizer que era normal, era um cão elegante e próprio da raça…
Ao fazer 6 meses, o Panzer deixou de ser o cão obediente e meigo, e passou a testar e experimentar os limites, mas sempre dentro da regra de sermos nós, os donos, os líderes da matilha…
Entretanto trouxémos para casa de um abrigo Panzer 4uma cadela a que démos o nome de Kali. A Kali como cão de abrigo que é, sempre foi muito carente e procura constantemente carinhos e aprovação da familia, mas era uma cadela extremamente medrosa e nervosa…
Para surpresa nossa, o Panzer adoptou-a incondicionalmente.

Sumário até aqui:
-Nuno, Ana e Diogo têm:
-1 Panzer anorético que os veterinários Panzer 5dizem que está elegante;
-1 Cadela neurótica, saída de um abrigo com fortes carências afectivas

Quando fez 1 ano e meio o Panzer desregulou completamente…e um dia achou boa idéia começar a mostrar os dentes aos donos sempre que era contrariado…Já tinhamos falado em colocá-lo numa escola, mas nenhuma nos tinha dado indicadores de confiança suficientemente Panzer 6bons…Até que um dia, em desespero, encontrámos o site Caninus Hotel e Instrução Canina, falámos com o João e lá levámos os cães.

O João detectou imediatamente as carências de gordura do Panzer e
provavelmente salvou-lhe a vida.
Após o treino ficámos com um Serra da Estrela a sério, meigo e obediente e
com uma Pastor Belga (só a 50% mas ela fica Kaly 1melindrada se o dissermos) muito mais confiante de si própria.

Conclusão do testemunho:
-O João Névoa demonstrou desde o 1º dia merecer a nossa total confiança no que diz respeito a assuntos caninos;
-Confiamos mais no João do que no veterinário;
-A Caninus tornou-se a 2ª casa dos nossos amigos de 4 patas quando os donos não têm Kaly 2disponibilidade
-O Panzer e a Kali ficam loucos de alegria sempre que vêm o João;
-O nosso filho entrará na pré-adolescência dentro de 3 anos, pelo que já
reservámos um box para um treino intensivo.

Ao João deixamos a nossa sincera e eterna gratidão, cientes que este
testemunho não expressa tudo o que sentimos, mas para isso era necessário um Kaly 3testamento e não um testemunho…

Muito obrigado,”

Nuno, Ana e Diogo