“Afinal é mesmo possivel….
Depois de muitos pedidos o pai natal (disfarçado de meu marido!) trouxe-me em 2010 uma bolinha de pelo a que dê-mos o nome de Scott!!!
Cabia na palma de uma mão…. “ai que ternura!”, “tao sossegadinho!”, “que querido!” diziam todos os que passavam la por casa. E realmente era, calminho, ternurento, mas tudo acabou a partir dos 4 meses!!!!
O Scott cresceu e tornou-se o terror lá de casa!!!!
Dar-lhe de comer? Sair de casa? Entrar em casa? Uma aventura!! Só com um casaco até aos pés para evitar um estrago no modelito! Passear o Scott? Não!!! O Scott vai passear a Filipa e o Carlos! Companhia dentro de casa? Nem pensar!!! Só se a casa estivesse tal e qual como a compramos: VAZIA!!!!
Tínhamos um problema! E tínhamos que o resolver!!!
Tomamos uma decisão: o Scott vai para uma escola! È aqui que o João Névoa entra na história!
Fizemos uma primeira visita á Quinta da Lagoa e quando explicamos ao João quais os problemas que tínhamos em mãos a resposta que obtivemos na hora foi: “ A serio? É mesmo assim? Hum… vai ser muito difícil… não sei se consigo fazer alguma coisa dele…” mas logo de seguida e com um à vontade dos diabos riu-se e diz: “Opah isto é chapa 5!!! Então este menino é para trabalhar?” E assim foi. Passada uma semana do 1ºencontro lá estava o Scott instalado na suite presidencial da Quinta da Lagoa com tratamento VIP, que incluía uma ração caríssima e uns biscoitos fabulosos!!!! (daí o seu pelo forte e brilhante!!) 🙂
E lá ia-mos nós de semana a semana treinar com o Scottinho!!! E foi numa dessas aulas que prestei atenção numa cadelinha veterana e disse para o seu dono: “queria tanto que o meu fosse assim…. “ e logo de seguida disse ao João: “ estou tao desiludida, ele não faz nada com jeito, nunca vai ser um cão sossegado, vai ser impossível muda-lo….”
Pois, quem conhece o João está a pensar neste momento: “ O João deve ter gostado dessa conversa deve!”. Pois…. não gostou! E com uma certa razão! A verdade era que eu não acreditava ser possível, não acreditava no meu cão então o que estava la a fazer?
Apercebi-me então que o que precisava agora de ser treinado eramos nós, e a confiança que nos depositávamos no nosso Scott!
A partir daí houve uma evolução enorme no comportamento do Scottinho! Ele aprendeu…. E nós também!!!
O João é um apaixonado por animais! Um treinador nato, de cães…. mas também de pessoas!!

Serve este testemunho para dizer que é possível!! Com trabalho, com dedicação, com confiança!! Não posso dizer que o Scott é um cão de elite, porque não o é… ou melhor…. ainda não o é!!! O trabalho iniciado com na Caninus tem que ser continuado por nós e sabemos disso!
Mas posso dizer que hoje entramos, saímos de casa sem qualquer problema; passeamos o Scott em todo lado; temos companhia em casa… até às refeições!!!!! 🙂

Um agradecimento ao João Névoa pela sua dedicação e disponibilidade, e um “braço a torcer” da “insatisfeita” “Fiscal” 🙂 ,”

Filipa Ricardo e Carlos Ricardo